02 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 23º

TRÊS LAGOAS

Juiz condena professor universitário de MS após o educador chamar vereador de "capitão do mato"

Caso aconteceu em 2017 e decisão foi proferida ontem no interior do Estado

Um professor universitário foi condenado pelo crime de racismo por chamar um vereador de Três Lagoas, município de Mato Grosso do Sul, de 'capitão do mato'. A situação ocorreu em 2017 e a sentença foi proferida ontem, terça-feira (17), pelo juiz da 2ª Vara Crimina de Três Lagoas, Vinicius Pedrosa Santos.

Segundo a decisão, o professor fez postagem no perfil dele do Facebook: 'Esse senhor é o rei da piada pronta. Um capitão do mato que acredita que a casa grande o recebe bem, porque ele não dorme mais na senzala', referindo-se ao vereador Renée Venâncio (PSD),

O professor foi condenado a três anos de detenção em regime aberto e ao pagamento de multa. Como não tem antecedentes criminais e a pena foi inferior a 4 anos, terá que prestar serviço comunitário a ser definido pelo juízo de Execução Penal.

Na sentença, a sugestão do juiz é que faça "oficinas, palestras, debates e exposições sobre a cultura negra e racismo em escolas da rede municipal de ensino".

*Com informações do G1MS.