19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Saúde

Médica explica que truques de balde de água e toalha molhada funcionam

Antigos truques para melhorar o ar, quando trata-se de ar seco quantas vezes já ouviu sua avó dizendo: Meu filho coloque uma toalha molhada antes de se deitar.  A especialista médica pneumologista Andressa Mateus da Cunha, confirma que sua avozinha pode estar 

O frio tem seus adeptos que passam o ano todo esperando o final de julho para comemorar  a chegada da frente fria no Estado. Gosto esse que é apreciado por as pessoas terem a liberdade de ser vestirem de forma mais elegante ou apreciar um bom vinho. No entanto a chegada ao inverno também tem seus pontos prejudiciais, e um deles é o clima seco, que  acaba dificultando a respiração daqueles que não são adeptos da estação.

A médica explica que o clima seco provoca um ressecamento da mucosa , além de ressecar também as vias respiratórias e a pele, ocasionando  tosse, cansaço, dor de cabeça, mal estar, irritação na garganta, olhos, ouvidos e em alguns casos ate sangramentos nasais. Em pessoas com doenças respiratórias alérgicas, como por exemplo rinite ou asma pode haver uma piora dos sintomas devido ao fato dos agentes causadores da alergia ficarem mais tempo suspensos no ar.

É o caso do funcionário público José Antunes de Siqueira (46), que diz até gostar do inverno mas ressalta que apesar de ser normal, o clima seco prejudica a respiração, “ Para melhorar a umidade do ar durante as noites, eu costumo colocar um balde com água, toalha molhada, tudo pra respirarmos melhor, o ideal mesmo seria o  umidificador, mas enquanto não compramos, vamos nos adaptando “, destacou.

As pessoas mais vulneráveis são idosos acima de 60 anos e crianças abaixo de cinco anos, e principalmente pessoas portadoras de doenças pulmonares como asma, fibrose pulmonar entre outras, pois suas vias respiratórias já estão danificadas pelas doenças de base,  e com esse tempo seco tendem a piorar seus sintomas respiratórios ficando mais propensas a infecções como pneumonia. 

A pneumologista confirma a teoria do José e recomenda, “A principal prevenção é a ingestão de água, cerca de dois litros ao dia para adultos, e também utilizar no quarto ou na casa umidificadores de ar e na falta deste, toalha molhada ou bacia com água, hidratação da mucosa nasal com soro fisiológico várias vezes ao dia, oriento também evitar aglomeração para que com isto evite-se transmissão de gripes e resfriados”. (Com assessoria).