21 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 21º

Polícia

Motorista de aplicativo se recusa a pagar programa de travesti e é espancado por quatro

Na versão do motorista, ele estava sendo roubado pelas quatro travestis

Quando faziam rondas na noite desta quarta-feira (13), na Vila Progresso em Campo Grande, policiais militares flagraram um homem de 37 anos sendo agredido por quatro travestis, dentro de um veículo Chevrolet Ônix.

Os policiais pararam ao ver as agressões momento em que o motorista desceu do carro correndo pedindo por ajuda falando que estava sendo agredido pelas travestis. Foi pedido apoio de outras viaturas devido ao número de envolvidos na ocorrência.

O motorista contou que estava nas proximidades procurando corrida de retorno, quando foi parado pela travesti que entrou afirmando querer ir até a rua 15 de novembro, sendo que no meio do caminho pegou o celular das mãos do homem, que entrou em luta com a travesti. Neste momento, outras travestis entraram no carro e passaram a agredi-lo.

Mas, na versão da travesti o motorista parou e combinou um programa com ela no valor de R$ 70, mas depois se recusou a pagar entrando em descordo comercial. Houve luta entre os dois e as colegas de trabalho vendo a situação foram ajudar a travesti. Todos foram levados para a delegacia. O motorista foi levado para uma unidade de saúde depois de ter o nariz quebrado e várias escoriações pelo corpo.