01 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

Operação Semana Santa

Operação Semana Santa inicia com foco nas rodovias e rios de MS

Os batalhões das Polícias Militar Rodoviária Estadual (BPMRv) e Ambiental (PMA) iniciaram a Operação Semana Santa com a intensificação das ações nas rodovias estaduais e rios de Mato Grosso do Sul. Ações de conscientização ao combate a disseminação do coronavírus também estão previstas. Os trabalhos de rotina como tráfico de drogas e descaminho também serão realizados.

Desde terça-feira (7.4) a PMA aumentou as fiscalizações após perceber o aumento de pescadores que têm procurado ranchos ou propriedades rurais próximos aos rios para se refugiarem durante o período de quarentena em razão do Covid-19. No total, 310 policiais estarão mobilizados para a ação que termina às 8 horas dopróximo dia 13. Apesar do foco ser a fiscalização da pesca, os policiais estão atentos também a crimes como desmatamento ilegal, exploraçãoilegal de madeira, bem como a caça ilegal e contra a fauna e a flora. 

Já BPMRv deu o start nesta quarta-feira (8.4) e reforçou a fiscalização nos mais de 15 mil quilômetros de rodovias estaduais. Por conta das medidas de isolamento social decretado pelo Governo do Estado e também por diversos municípios, a expectativa é que o fluxo de veículos de passeio reduza nos horários comerciais. A diminuição no tráfego de veículos ocorre de forma mais intensa no período noturno e nos finais de semana e este fenômeno também já foi sentido nas rodovias de acesso as cidades turísticas do Estado. 

A BPMRv possui 12 Bases Operacionais Rodoviárias fixas e distribuídas pelos municípios de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Bonito, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, outras 14 equipes volantes que percorrerão pontos e horários sensíveis e vulneráveis de nossas rodovias estaduais. O Centro de Comando e Controle instalado na sede da Polícia Militar Rodoviária em Campo Grande irá monitorar 24 horas, durante toda a operação. A BPMRv ainda disponibilizará o telefone 198 para denúncias.