29 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 19º

Fuzis

Paraguai apreende 835 peças para montar fuzis enviadas de avião dos EUA

Armamento estava vinculado ao nome de um paraguaio

Ação conjunta entre a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) e outras forças de segurança do Paraguai, como a Dimabel (Diretoria de Material Bélico), Dinac (Direção Nacional de Aeronáutica) e Aduanas, resultou na apreensão de 835 peças para montar fuzis na quinta-feira (19). O armamento foi enviado de avião do Estados Unidos e apreendido no aeroporto Guarani, em Cidade do Leste.

A suspeita é de que o material pertenceria ao crime organizado que atua nas fronteiras e, muito provavelmente, foi encaminhado ao Brasil, para fortalecer facções como o PCC (Primeiro Comando da Capital) e o CV (Comando Vermelho). A ação foi resultado de uma fiscalização em carregamento suspeito, a partir de denúncia anônima.

Em uma aeronave havia nove caixas com 835 componentes como coronhas, miras, canos, carregadores e outras peças que compõem fuzis. O Ministério Público do Paraguai descobriu que o material estava vinculado ao nome de um cidadão do país. O objetivo agora, é tentar localizá-lo e descobrir o destino da mercadoria.