02 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 23º

DESEMPREGADOS

Prefeitura vai pagar contratos e ver situação de artistas na Capital

Artistas estão desempregados pela situação de pandemia enfrentada no País. Entre promessas, administração municipal está quitação de débitos até sexta-feira (3.abril)

Durante reunião na tarde de segunda-feira, 30, entre representantes do Fórum Municipal de Cultura, secretário municipal de finanças, prefeito e o vereador Eduardo Romero (Rede), alguns compromissos por parte do executivo municipal foram assumidos, diante da pandemia de coronavírus, que trouxe desemprego aos artistas da cultura. Um dos acordos é que contratos em atraso com a categoria serão quitados até a próxima sexta-feira (3.abril).

O encontro veio depois que o vereador encaminhou ofício para a Secretaria Municipal de Cultura (Sectur) relatando a dificuldade de quem faz e sobrevive da cultura, como músicos, artesãos, atores, o circo e muitos outros estão passando depois do decreto de situação de pandemia, devido ao coronavírus. Os artistas dependem do público e com decretos locais de fechamento de locais de arte, casas noturnas, feiras; a situação está crítica financeiramente.

Além do compromisso de quitar os atrasados, que somam aproximadamente 300 mil reais, ainda foi mediada a possibilidade de adiantamento dos contratos do Programa de Fomento ao Teatro (Fomteatro) e Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (Fmic).

Quanto aos artistas que vivem da economia da cultura, mas que não possuem contratos em atrasos ou contratos firmados de futura execução, Eduardo Romero explica que ainda vão ocorrer outras reuniões com o executivo na tentativa de encontrar caminhos legais de auxílio.