30 de setembro de 2020
Campo Grande 40º 23º

Pão e água

Vivendo de pão e água, cadela infestada de carrapato é resgatada pela polícia

Dono da casa será indiciado não só por maus-tratos e abandono, mas também por poluição. Ele ainda não foi encontrado

Uma cadela foi resgatada por equipes da Polícia Civil, na tarde desta sexta-feira (6), de uma casa na Rua Ernesto Bernard, no Bairro Vivendas do Parque, em Campo Grande. Magra e infestada de carrapatos, ela sobrevivia apenas de pão e água, dados por vizinhos.

A denúncia partiu de um funcionário da empresa Águas Guariroba, que esteve na rua para fazer serviço em uma das casas e encontrou a cadela. Vivendo de pão e água, colocados diariamente por uma vizinha, o animal estava infestado de carrapatos e largado pelo próprio dono há pelo menos dois meses.

Nesta tarde, equipes da Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista) e do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) entraram na casa para resgatar a cadela.

Ao Campo Grande News, o delegado Maércio Alves Barbosa contou que o dono do animal já foi identificado, mas não localizado. Assim que for encontrado, será ouvido e indiciado não só por maus-tratos e abandono, mas também por poluição, já que a infestação de carrapatos se espalhou pelo terreno e coloca outros animais da rua, e moradores em risco.

“O estado do imóvel é um risco concreto para outros animais e para os vizinhos”, reforçou o delegado. A pena para o crime de poluição é de 1 a 4 anos de reclusão e o de maus-tratos de 1 a 3 anos.

 
 
Delegado Maércio Alves Barbosa foi ao local nesta tarde (Foto: Paulo Francis)
Delegado Maércio Alves Barbosa foi ao local nesta tarde (Foto: Paulo Francis)
 
A infestação de carrapatos estava em todo o terreno (Foto: Paulo Francis))
A infestação de carrapatos estava em todo o terreno (Foto: Paulo Francis))
 
Cadela foi levada da casa pelo CCZ (Paulo Francis)
Cadela foi levada da casa pelo CCZ (Paulo Francis)