21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

AMOR | TRÊS LAGOAS

Acusado de maus tratos, idoso lutava pela vida de cavalo e até colchão deu ao animal

Populares acionaram a PMA de Três Lagoas que se deparou na verdade com uma grande demonstração de amor

A- A+

Um idoso de 79 anos tentava cuidar do seu cavalo em fase terminal de saúde. O bicho, no entanto, ao deitar-se no quintal parecia estar abandonado à sorte, o que levou moradores da cidade de Três Lagoas, no interior de Mato Grosso do Sul, a acionar a Polícia Militar Ambiental (PMA) até a casa do idoso, sob a acusação de maus tratos, no entanto, ao a PMA chegar no local, constatou-se que tratava-se na verdade de uma luta do idoso para ajudar o animal doente. O caso aconteceu na tarde do dia 11 de dezembro.

Segundo a PMA, o idoso comprovou que alimentava o animal e providenciava água e sombra, além de remédios, quando necessário e até um pequeno colchão. Ele foi orientado a levar  o bicho ao veterinário e posteriormente a remover o cavalo à zona rural, onde é permitida a criação de animais de grande porte.

O denunciado afirmou que usou o animal muito tempo para o transporte de recicláveis, mas que ele adoecera, no entanto, estava fazendo o que podia para dar conforto ao animal, embora soubesse que o cavalo estivesse em fase terminal.

Diante da situação, a equipe solicitou um atendimento com uma veterinária da Prefeitura Municipal de Três Lagoas que, com a ajuda do Policiais, medicou o cavalo para reduzir o seu desconforto até o atendimento definitivo.

Idoso cuidador à equerda da imagem

Como o animal não estava abandonado e o idoso demonstrou que estava fazendo o que podia, dentro de suas condições, ele não foi autuado por maus tratos, pois tratava-se de uma situação que fugia ao seu controle, porém, ele foi orientado e notificado a providenciar todos os cuidados necessários ao seu cavalo, bem como sua remoção da zona urbana.