13 de maio de 2021
Campo Grande 25º 15º

Estudantes de Sidrolândia pedem cassação do prefeito

A- A+

Os estudantes da área rural da região de Sidrolândia - distante 70 km de Campo Grande - pedem a cassação do prefeito Ari Basso por descumprir promessas de campanha na área educacional. O programa foi amplamente discutido no processo de eleição suplementar que aconteceu por conta da cassação do prefeito eleito em outubro de 2012 Enelvo Feline – PSDB por improbidade administrativa, quando o PSDB indicou o latifundiário Ari Basso para compor a nova chapa majoritária na eleição que ocorreu no início de 2013, por conta das acusações que recaiam no debate eleitoral de que o então candidato iria cortar esta política pública, sendo que o então candidato assumiu publicamente em programas de rádio, panfletagem de rua, que não iria cortar o programa.

Plataforma Ari Basso

Até o ano passado, o transporte existia porque o prefeito anterior, Daltro Fiuza – PMDB, havia deixado aprovado os recursos necessários no orçamento de 2013.

Agora no mês de janeiro de 2014, Ari Basso convocou os estudantes e informou que havia cortou o benefício em 70%.

Na data de hoje pais e estudantes universitários de assentamentos e áreas indígenas do município estiveram na Promotoria de Justiça do Município com Dr Nicolau Bacarji, Promotor da Cidadania, para que esta represente judicialmente o chefe do executivo com fulcro no artigo 171 do Código Penal, através de ação civil requerendo o mandato do prefeito por estelionato eleitoral.

A ação não é a primeira que ocorrer no Brasil e os estudantes acreditam que a instauração de ação judicial competente pelo Ministério Público poderá dar exemplo a todo Brasil de ação cidadã e justa e, ao final do processo, punir o gestor da cidade que ludibriou os eleitores com promessas não cumpridas de campanha.

Heloísa Lazarini