25 de outubro de 2020
Campo Grande 32º 21º

Inscrições para ‘Oficina de Libras’ serão feitas nos dias 6 e 7 de março

A prefeitura de Caarapó, através da Secretaria de Educação e Esportes, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, por meio  do   Centro de Atendimento à Pessoa com Surdez ( CAS), estará realizando nos dias 6 e 7 do próximo mês, as inscrições  para os interessados em participar da IV Oficina de Libras.

19913945_LibrasA oficina terá duas turmas, sendo que oferecerá 40 vagas no período vespertino e 40 vagas no período noturno. Os interessados devem procurar o prédio da Secretaria de Educação e Esportes das 7 às 12h.

De acordo com  a coordenadora da Educação Básica, Iracilda Moreira dos Santos Lomba, essa oficina é uma forma de apoiar a todos que queiram conhecer a ‘Libras’ e interagir com as pessoas surdas. “A comunicação, independente da forma que aconteça, é essencial para a construção de conhecimento e socialização do ser humano”, observou.

Nessa 1ª etapa, as aulas acontecerão nos dias 10 a 14 de março e 24 a 28 de março, com inicio às 13h no período vespertino e as 18h30  no período noturno, na sala de reuniões da Secretaria de Educação e Esportes.

“Informamos ainda, que preferencialmente no período vespertino, a turma deverá ser composta de pessoas com o conhecimento mínimo em ‘Libras’, pois estará sendo dada a continuidade da oficina para aqueles que já iniciaram no ano anterior”, orientou Iracilda.

Conforme a secretária de Educação e Esportes, Ieda Maria Marran, a administração municipal promove cursos de formação continuada em ‘Libras’ com o objetivo de fortalecer as Políticas Públicas de Educação Inclusiva no município, visando atender tanto os alunos surdos, matriculados na rede, quanto às solicitações da comunidade.

O prefeito Mário Valério (PR) entende que a língua de sinais deve ser vista como parte da formação do futuro dos alunos e como uma língua presente e participante nas escolas. “A inclusão social dos surdos no cenário escolar é uma realidade em nosso município, e por isso fizemos questão de dar continuidade a esse trabalho”, disse.

 Com informações de Iracilda Moreira dos Santos Lomba

 LIBRAS

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a língua brasileira de sinais, é a língua natural dos surdos brasileiros e foi reconhecida pela lei de no. 10.436, de 2002, e regulamentada pelo decreto no. 5.626, de 2005. Essas leis não só reconheceram a Libras como língua oficial da comunidade surda, como prevê a existência de intérpretes que atuem nos locais lugares públicos sociais, educacionais e outros, permitindo aos surdos brasileiros uma verdadeira participação cidadã.

 Caarapó News