09 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 16º

Produtores do Bocaiuval e Km 6 se reestruturam e criam nova realidade

Uma nova e promissora realidade se configura para os pequenos produtores e a população da Colônia Bocaiuval e Km 6, que com apoio da Prefeitura Municipal acabam de reativar sua associação e já criam as primeiras alternativas de fomento e diversificação de suas atividades de susbsistência e melhoria de renda. Criada faz 27 anos, a organização estava desatiovada. Seu papel é encaminhar e fortalecer as lutas dos produtores que vivem basicamente da agricultura familiar, tanto na busca de melhorias físicas (como estradas e pontes), como na habilitação para financiamentos em diferentes modalidades de culturas (como leite e mel) e até na formação e na capacitação técnica e educacional.

No sábado, 21, na Escola Municipal Bonifácio Gomes (Pólo), a nova diretoria da Associação, presidida por Eládia Ramirez Duarte, tomou posse e apontou seus compromissos com o fortalecimento da entidade. Além do prefeito Heitor Miranda dos Santos (PT), participaram do ato o secretário municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Rural, Aquicultura e Pesca, Antonio Rosa Cabral; o vereador Fábio Santos; o ex-governador Zeca do PT, o ex-vereador Ozório Miranda dos Santos e a diretora da Escola, Maria Delfina.

Segundo frisou Eládia Duarte, todos os membros da diretoria são pessoas que têm compromisso com a região e vão demonstrar na prática a vontade de aproveitar o suporte oferecido pelo poder público. Antonio Cabral, técnicos da secretaria e o assessor da prefeitura, Válber Noleto, que trabalha junto às organizações sociais, endossaram a certeza de que as ações articuladas entre a Prefeitura e a entidade são garantias de diversos benefícios aos produtores e ao próprio Município.

Zeca do PT e Fabinho Santos assinalaram o compromisso histórico do partido e dos governos de Lula e Dilma com os pequenos produtores e segmentos mais excluídos. Ambos também afirmaram que não faltarão presença e apoio às demandas do Bocaiuval. A diretora do Bonifácio Gomes, Maria Delfina, afirmou que toda a comunidade escolar está vivendo esse novo processo de evolução social e econômica e que o estabelecimento estará sempre aberto para a associação e suas lutas.

DOAÇÃO DE ÁREA - O ex-vereador Ozório Miranda, emocionado, disse que por ser parte da colônia, onde tem propriedades, sente-se motivado a contribuir com o resgate da Associação e o progresso local. Anunciou então que doará parte de sua propriedade para abrigar o posto de saúde, já que o prédio atual fica bem próximo de onde vão funcionar o laticínio e outras incubadoras produtivas. "Vou terminar minha casa aqui e aqui vou morar até o fim dos meus dias", prometeu Ozório.

Heitor ressaltou avanços que sua administração conquistou para implementar, a partir de janeiro próximo, em benefício da população, com ênfase na capacitação dos setores produtivos. Enfatizou as parcerias com as universidades e o apoio do governo federal para investir na diversificação econômica por meio de uma incubadora de cooperativas, com incentivo à exploração de riquezas locais em atividades sustentáveis, como a criação de peixes e iscas vivas, a expansão da bacia leiteira. A prefeitura, segundo Heitor, vai comprar a produção de leite da colônia para destinar à merenda escolar.

O prefeito citou o encontro que teve com o presidente Lula, a quem pediu e foi atendido, o comprometimento com o projeto de irrigação no Bocaiuval, projeto que estava paralisdo havia quatro anos, foi retomado nesta administração e para o qual o governo federal investirá R$ 21 milhões. Outros investimentos e ações estão garantidos, como a realização de cursos de Agricultura Familiar, Agricultura Orgânica, Piscicultura, Bioartesanato e Operador de Máquinas Agrícolas. Um trator será entregue para a Associação administrar seu uso e assu8mir parte da manutenção da máquina e dos custos com o tratorista. No final da reunião, as autoridades visitaram as obras do moderno e amplo Ginásio de Esportes da escola José Bonifácio, obra viabilizada com recursos federais.

A diretoria da Associação dos Pequenos Produtores do Bocaiuval e Km 6 está assim constituída: presidenta, Eládia Ramirez Duarte; secretário, martin Contrera; tesoureiro, Antonio Giovanne dos Santos. O Conselho Fiscal tem três titulares (Salvador Figueiredo, Izidro Velasquez e Paulina Colán) e três suplentes (Lucila Alfonso, André Avelino Gonzales e Amara Aparecida Salomão).

Edson Moraes, especial para o MS Notícias