23 de setembro de 2020
Campo Grande 31º 17º

Casal de deficientes vive amor sem limites no Irã

Ele  tem 30 anos e não possui os braços. Ela tem 29 anos e não consegue movimentar as pernas. Mas o que seria um drama para a maioria das pessoas, para este casal de Teerã, Irã, são apenas obstáculos a transpor em uma rotina relativamente comum a todos os casais. Ahmad Mahmoudi-seresht não tem ocupação fixa. Em casa, porém, não deixa de executar a maioria das tarefas, algumas delas nada fáceis, como passar roupas, escova os dentes e falar ao telefone – sempre usando os pés. Fatima Cheraghi, a esposa, o ajuda vestindo-o e perfumando-o. Ela também passa seus longos cabelos negros e lava a louça. A rotina do casal é cercada de cumplicidade. Ambos tomam café, almoçam e jantam juntos. Ahmad lê poemas românticos para a amada e faz desenhos nas horas vagas. Não se sabe muito mais da rotina do casal iraniano, que teve algumas fotos divulgadas pelo site Bin’s Corner – fotos essas que correram o mundo pelas redes sociais. Ahmad e Fatima estão juntos há uma década, mas casaram-se em 2008. A descontração, o companheirismo e o amor a toda prova foram tema de reportagens na TV local e são considerados um exemplo pelos jovens casais muçulmanos, já que ambos seguem a religião islâmica. Agência Terra