01 de outubro de 2020
Campo Grande 41º 22º

ALERTA

Número de suspeitos de coronavírus sobe para 930 no Brasil

Companhias já perderam R$ 398 bilhões em valor de mercado devido ao surto de Covid-19

Na tarde de ontem (9), o Ministério da Saúde, alertou ao crescimento dos casos da Covid-19, doença provocada pelo coronavírus. Os casos saltaram para 930 no Brasil, aumento exponencial de 40% em apenas 24 horas. No domingo (8) eram 663 suspeitas em todo o país.  Até o momento, 25 casos já foram confirmados. 

São Paulo é Estado com maior número de casos 16 confirmados. No Rio de Janeiro são 3 casos, na Bahia (2), Distrito Federal (1), Espírito Santo (1), Alagoas (1), Minas Gerais (1).

São Paulo também está na liderança no caso dos suspeitos, lá são (322), depois vem Minas Gerais, Rio de Janeiro (122), Rio Grande do Sul (112) e Bahia (46). No recorte por região, o Sudeste concentra o maior número de pacientes com suspeitas (567), seguido do Sul (188) e Nordeste (96).  

COVID-19 & MERCADO

Um dos impactos do vírus pelo mundo está na economia, que praticamente teve um 'terremoto' na segunda-feira. A epidemia causou o derretimento nas Bolsas de Valores em todo mundo. As restrições na circulação de pessoas (como a quarentena geral na Itália) afetam o consumo, a produção e, em consequência, as finanças das empresas.

Em fevereiro, companhias perderam R$ 398 bilhões em valor de mercado devido ao surto de Covid-19.

Ontem, (9.mar), a Bolsa de Valores de São Paulo teve o pior pregão do século 21 e o dólar renovou a máxima nominal e fechou em R$ 4,72, acumulando alta de 1,97%. O câmbio chegou a R$ 4,78 durante o dia.

A Caixa pretende oferecer empréstimos para clientes de grande porte que estejam expostas à variações cambiais. O banco não opera em câmbio.

Fonte: *Com informações do Poder 360.