MS Notícias

domingo, 31 de maio de 2020

AFEGANISTÃO

Terroristas fingem ser policias, entram em maternidade e matam dois bebês e 12 mães

O ataque aconteceu na maternidade do hospital Dasht-e-Barchi, que é gerido pelo organização dos Médicos Sem Fronteiras

Por: TERO QUEIROZ13/05/2020 às 12:26
ComentarCompartilhar
Membro de força de segurança retira bebê recém-nascido de hospital que foi alvo de ataque de atiradores em Cabul, 12 de maio| Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/ataque-hospital-maternidade-deixa-bebes-maes-mortos-afeganistao-cabul/ Copy"Membro de força de segurança retira bebê recém-nascido de hospital que foi alvo de ataque de atiradores em Cabul, 12 de maio|" Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/ataque-hospital-maternidade-deixa-bebes-maes-mortos-afeganistao-cabul/ CopyFoto: © Reuters

Três terroristas, supostamente ligados ao Estado Islâmico, atacaram uma maternidade na capital do Afeganistão e mataram dois bebês recém-nascidos e 12 mulheres nesta terça-feira (12.maio), ao menos 37 mortos em dois ataques aconteceram, um deles em um hospital em Cabul, e outro, durante um funeral no leste do país.

O ataque aconteceu na maternidade do hospital Dasht-e-Barchi, que é gerido pelo organização dos Médicos Sem Fronteiras. Os terroristas entraram no hospital vestidos de polícias. 

Pelo menos 80 pessoas tiveram de ser retiradas do local na sequência do ataque. E mais de 100 funcionários viram-se encurralados nas instalações.

Este ataque aconteceu no mesmo dia em que um homem bomba se explodiu durante a cerimônia fúnebre de um comandante da polícia na província de Nangarhar, no Afeganistão. Na ocasião, morreram 24 pessoas e 68 ficaram feridos. O ataque também foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI).

O presidente afegão, Ashraf Ghani, reagiu ao ocorrido anunciando que as forças do governo retomarão a ofensiva contra os talibãs.

"Ordeno as forças de segurança a interromper sua atitude de defesa ativa e voltem a adotar uma atitude ofensiva, e retomem as operações contra o inimigo", declarou Ghani.

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borell, manifestou sua indignação diante do "grau desumano máximo" dos atentados.

Vale lembrar que o Estado Islâmico reivindicou uma série de ataques em Cabul nos últimos meses. 

Imagens do ataque de ontem foram registradas pela Reuters e mostram o momento em que vários bebês são retirados do hospital. Há também imagens de bebês sendo cuidados por enfermeiras, depois de as suas mães terem perdido a vida no ataque.

Deixe seu Comentário

TV MS

15 de maio de 2020
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma