27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Bernal entrega 14 viaturas a guarda municipal de Campo Grande

Foi entregue na tarde de hoje 14 veículos, modelo Siena, para a Guarda Municipal de Campo Grande. Na ocasião o prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP) aproveitou para recapitular aos presentes a realidade da sede da guarda, localizada na antiga rodoviária, e as condições de trabalho dos próprios guardas municipais. “A realidade era triste. Os guardas estavam sendo submetidos a condições escravas. A estrutura da sede e de trabalho denegria a imagem do servidor”.

Após tomar conhecimento da realidade foi constatado, segundo o prefeito, que era preciso organizar a Guarda Municipal, primeiramente dando a ela uma sede e depois dividindo a Capital em regiões e distribuir os guardas e assim promover a segurança. Bernal fez uma alusão ao antigo prefeito Nelson Trad (PMDB), dizendo que o mesmo não deu o devido valor a esses servidores públicos. “Se um gestor público não trata de estruturar a guarda municipal e os servidores, passou seu tempo fazendo “faz de conta”.

Os guardas municipais devem ser vistos como fonte de segurança pela população e precisam honrar o seu posto através do compromisso e da postura comportamental que cada um deve ter.

O comandante da guarda, coronel Jonys Cabrera Lopes afirmou que esses veículos irão fazer a segurança de 354 locais da Capital que estão distribuídos em sete regiões: Anhanduizinho, Bandeiras, Centro, Imbirussú, Prosa, Segredo e Lagoa, também irão fazer a segurança de escolas, Ceinfs (Centro de Educação Infantil), terminais de ônibus, dentre outros pontos.

Em 30 dias serão entregue mais 14 motocicletas para completar a frota. A atual administração recebeu a guarda municipal com apenas uma viatura funcionando. O investimento para a aquisição foi de R$ 658 mil provenientes do Ministério da Justiça.

Valorização: Foi destacado pelo prefeito Alcides Bernal ações concretas que serão realizadas pelos guardas municipais, como a prevenção no combate ao crack e palestras que poderão ser realizadas pelos servidores destacando o trabalho e os projetos.

Bernal lembrou também que em julho, em meio às manifestações populares, a PM (Polícia Militar) não participou fazendo a segurança da população, quem protegeu e esteve a todo o momento presente foi a Guarda Municipal.

Tayná Biazus