19 de janeiro de 2021
Campo Grande 27º 21º

Bernal e empresários da Capital assinam convênios para preservação de espaços públicos

Foram assinados nesta manhã os convênios do Propam (Programa de Parceria Municipal), onde, empresários de diversos setores de Campo Grande, como panificadoras, lojas de vendas de carros, escolas e associações, adotam um local verde cedido pelo município, como praças e rotatórias e fazem a manutenção, tendo em troca a publicidade exposta.

Para Roberto Souza Luiz, proprietário da panificadora Boa Vista, o programa é bastante interessante, pois deixa a empresa em evidência. “Quem não é visto não é lembrado”, afirma. Roberto tem cinco rotatórias e reconhece que não é fácil manter, pois a população depreda. “Se não é fácil cuidar uma rotatória, imagina administrar um município inteiro”.

Adotar esses locais ajuda a cidade e da outra visão, além de gratificar a empresa. O programa, além disso, é um exercício de cidadania. Os cidadãos são os verdadeiros protagonistas de uma cidade que é de todos. A iniciativa privada é necessária em algumas situações, como essa. “Se cada um fizer a sua parte, a cidade fica bela e bonita”, afirma Pedro Chaves, Secretário de Governo.

Para o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), o poder público precisa da contribuição de todos. É um bom exemplo o que as empresas fazem. “Para alguns pode parecer patético. Quem pensa grande sabe que todo passo tem uma importância”, afirma.

As empresas podem adotar os locais e fazer o paisagismo, com flores, árvores, arbustos e outras plantas. Em troca disso, poderão fixar, dentro das regras impostas pela prefeitura, a marca de seu comércio, ajudando na divulgação.

Tayná Biazus