08 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 17º
RESPEITO À VIDA RAMAL ASSEMBLEIA

Mães do Santa Felicidade sofrem com falta de creches na região

Clayton Neves

Com um aspecto cansado e sob o forte sol de Campo Grande a dona de casa Estefani Arce, 27, moradora do bairro Santa Felicidade – região sul de Campo Grande - faz uma longa e exaustiva caminha com seus três filhos em direção ao Ceinf (Centro de Educação Infantil) do bairro Moreninhas, pois não há no bairro onde mora nenhuma unidade educacional para atender seus filhos.

A moradora conta que, devido à falta de creche, ela e seus filhos precisam enfrentar uma  grande distância a ser percorrida até o Ceinf-Moreninha. “Todo dia é a mesma coisa, sou obrigada a andar debaixo desse sol escaldante pra deixar meus filhos na creche. Tem dias que até penso em me mudar daqui”, conta a moradora ao mesmo tempo em que se abanava na tentativa de aliviar o calor.

Mesmo em meio a tantas dificuldades, Estefani ainda encontra motivos para respirar aliviada tendo em vista os problemas vividos pelas demais moradoras do bairro. “Eu ainda tenho que agradecer, porque existem outras mães por aqui que não conseguem nem a vaga pros filhos e são obrigadas a dar quase metade do salário pra alguém cuida”, afirma.