27 de setembro de 2021
Campo Grande 34º 22º

DENÚNCIA AVERIGUADA

Não haviam funcionários trabalhando infectados na Riachuelo, conclui sindicato

A única ressalva é que tinha medidor de temperatura em uma das entradas da Loja, disse presidente do Sindicato

A- A+

Apesar de receber mais de 7 denúncias ao dia que aludiam que haviam funcionários trabalhando infectados pelo vírus da Covid-19 em uma loja da Riachuelo, na Rua 14 de Julho em Campo Grande, o Sindicato dos Comércios de Campo Grande, disse que após conversa com funcionários nessa manhã (4.nov) nada foi constatado que atestasse as denúncias.

A informação era de que a empresa não estava mandando para casa pessoas que testaram positivo para a Covid-19, a denúncia que levou o Sindicato ao local, partiu da mãe de um dos funcionários.  Porém, os trabalhadores relataram que são afastados em caso de suspeita da doença e somente voltam depois da apresentação de exame negativo para a doença ou, em caso de confirmação, após liberação médica.

O presidente do sindicato, Carlos Sérgio dos Santos, constatou que havia álcool em gel à disposição e circulação de clientes sem tumulto. A única ressalva é que não havia medidor de temperatura em uma das entradas. “É preciso verificar denúncia antes de qualquer medida, pois pode ser fake news de funcionário insatisfeito”, relatou.