08 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 17º

Professores decidem fazer carreata por aumento nos salários

Os professores da rede estadual de ensino paralisaram as aulas hoje e começaram agora uma carreata em direção à Assembleia Legislativa em Campo Grande. Eles reivindicam readequação do piso salarial para 20 horas, que aumentaria o salário base de R$ 1085 para R$ 1567.

De acordo com o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Botareli, o governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), afirmou em reunião com os professores e representantes sindicais ontem que só será possível chegar ao teto desejado daqui a oito anos.

"Nós nos sentimos desapontados com o governo ontem na reunião. Nós iniciaremos o ano letivo de 2014 com greve para dar resposta ao governo", afirmou Botareli. Segundo ele, o salário base dos professores está 20,5% abaixo do que deveria.

Diana Christie e Anna Gomes