MS Notícias

sbado, 28 de maro de 2020

SÍNDROME DO PÂNICO

Defesa adia apresentação de comerciante que matou tio e alega legítima defesa

Nesta manhã defesa alegou que sobrinho está muito abalado

Por: TERO QUEIROZ18/07/2019 às 11:38
ComentarCompartilhar
Tio e sobrinho discutiram por dívidaTio e sobrinho discutiram por dívidaFoto: Reprodução/Facebook

A defesa de Miguel Arcanjo Camilo Junior, de 32 anos, suspeito de matar o tio, Osvaldo Foglia Junior, de 47 anos, a tiros na terça-feira (16), após discussão na conveniência do acusado, Jardim São Lourenço em Campo Grande, alegou hoje (18), que o cliente sofre de síndrome do pânico, com isso, solicitou o adiamento da apresentação do suspeito à polícia.   

De acordo com o advogado de defesa, Júlio César Marques, Miguel está bastante abalado e desenvolveu síndrome do pânico após matar o tio, conforme o advogado eles eram muito próximos. “Eles faziam musculação juntos, tinham uma vida em comum. Ele matou sob pressão e ameaça do tio por causa de uma dívida", disse a defesa. Conforme o advogado, o suspeito será apresentado amanhã (19), e alegará legítima defesa.  

Conforme o site Campo Grande News, o delegado do caso, Thiago Macedo, da 4ª Delegacia de Polícia Civil, aguarda ainda um testemunho 'chave', moradora do interior do estado, ela deve ser ouvida na próxima semana.  

Miguel é indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil, a arma usada no crime era registrada. 

 

Deixe seu Comentário

TV MS

27 de maro de 2020
Isolamento vertical ocasionará genocídio, diz Fábio Trad
Isolamento vertical ocasionará genocídio, diz Fábio Trad

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma