28 de novembro de 2020
Campo Grande 36º 23º

APARECIDA DO TABOADO

Dupla confessa que matou professor com 15 facadas em MS

Os autores são menores, não foi divulgado o que motivou o assassinato

A Polícia Militar de Aparecida do Taboado, no interior de Mato Grosso do Sul, apreendeu ontem, segunda-feira (6.abril) menores suspeitos de matar o professor aposentado Amarildo Rossi, de 57 anos. Eles teriam marcado um encontro pelo WhatsApp com o professor e o matado com 15 facadas.  

Testemunhas encontram o corpo em uma mata, próxima a uma granja em Aparecida do Taboado. A Polícia Civil foi ao local e confirmou que a vítima se tratava do professor. Foi confirmada ao menos 15 perfurações no corpo de Amarildo.   

Mais tarde, a Polícia Militar foi informada por populares que o veículo do professor, um GM Celta, estava abandonado na Vila Barbosa no município. O pelotão apreendeu o veículo, e quando retornavam para a delegacia receberam a informação de que dois adolescentes, ambos com 14 anos, tinham se apresentado na delegacia e confessado o crime. Ambos foram acompanhados pelo Conselho Tutelar.

Os suspeitos deram detalhes do crime: roupas e a faca usadas, foram entregues. Disseram que o professor foi morto na noite de domingo (5.abril). Contaram também que marcaram o encontro com a vítima por WhatsApp. Mensagens encontradas pela polícia confirmaram a versão dos jovens. A dupla foi encaminhada à Polícia Civil e os motivos do crime ainda não foram divulgados.