31 de outubro de 2020
Campo Grande 26º 18º

Jovem morre em Sidrolândia com um tiro na cabeça após briga na festa de virada de ano

Terminou com um morto o confronto entre gangues nesta madrugada na Praça Porfírio  de Brito em Sidrolândia onde se realizava a festa da virada do ano promovida pela Prefeitura que chegou atrair 3 mil pessoas.

Por volta das 03h40 estourou uma briga generalizada entre grupos rivais que estavam armados de facas e revólveres, tiros foram escutados e um dos disparos  acabou atingindo na cabeça Rafael Lopes Muniz, de 22 anos. O autor do disparo,que testemunhas disseram tratar-se  de Ramãozinho funcionário de uma auto-fossa, aproveitou a confusão para fugir. Familiares de Rafael acreditam que ele pode ter sido morto por uma bala perdida, porque não se envolveu em nenhuma confusão.

 Na ânsia de se proteger e fugir para algum lugar seguro, muito gente foi pisoteada quando se ouviu  os vários disparos efetuados. Segundo a Polícia Militar durante a festa  foram registradas pelo menos 15  ocorrências de brigas e confusões.

A segurança foi feita por duas guarnições da PM e 20 seguranças contratadas pela Prefeitura. Como não feito o isolamento da área, o acesso à praça foi livre, sem revista, o que possibilitou a circulação de pessoas armadas pela praça.

O corpo de Rafael ainda está no Instituto Médico Legal e será levado para necrópsia em Campo Grande será sepultado. Sidrolândia está sem legista porque morreu o pai do médico que atua no IML.