26 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

POLÍCIA

Marido agressivo mata idosa esfaqueada e incendeia residência

Suspeito pelo crime inalou fumaça e está internado em estado grave na Santa Casa

Dulci da Silva Martinelli, 80 anos, foi encontrada morta na madrugada desta segunda-feira (30), no Bairro Tarsila do Amaral, em Campo Grande.A suspeita é que o marido, Vicente Medes de Campos tenha esfaqueado a vítima e, em seguida, ateado fogo em sua residência. 


Equipe da Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher) está no local do crime para a realização da perícia. Uma faca foi encontrada e levantou a suspeita de que a idosa foi esfaqueada antes de ter a casa incendiada.


O filho de Dulci, José Paulo Martinelli, informou que a mãe estava casada com o autor há dez anos, e que a família não concordava com relacionamento pelo fato dele ser uma pessoa muito ciumenta e violenta. Há um mês, segundo ele, a mãe havia registrado um boletim de ocorrência e solicitado medida protetiva contra Vicente, mas acabou voltando com o mesmo.


Vicente acabou inalando muita fumaça e foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande, onde está internado sob escolta policial na área vermelha do pronto-socorro sedado e intubado, o estado é considerado grave. Ele está aguardando um quarto no CTI (Centro de Terapia Intensiva) para tratamento de queimaduras e passará por avaliação da equipe da ortopedia devido trauma no ombro esquerdo