28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

VIOLÊNCIA SEXUAL

Pastor é preso suspeito de abusar sexualmente de criança autista

"Eu confiava que era um local seguro", relatou a mãe da vítima

O pastor evangélico Mário Sérgio Ferreira da Silva, de 55 anos, foi preso em Peruíbe, município do interior de São Paulo. Ele é suspeito de abusar sexualmente de vários jovens que frequentavam suas cinco igrejas evangélicas no litoral. Só em Peruíbe, o pastor tinha três, além de ter outras duas igrejas em Itanhaém, todas em áreas periféricas. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), quatro pessoas procuraram a Polícia Civil para denunciá-lo.

A Justiça decretou a prisão preventiva do pastor. Em entrevista ao G1, a mãe de uma das vítimas, que não quiz se identificar, contou que começou a frequentar a igreja há cinco anos. Na época, o filho dela, que tem autismo, era menor de idade. “Jamais imaginei que poderia acontecer isso. O pastor era muito simpático, e o meu filho gostava de ficar junto com os jovens da igreja, então, eu confiava que era um local seguro”, disse a mãe.  

A família suspeita que o jovem tenha sido violentado por um período de dois anos. Os pais perceberam comportamento diferente no jovem, que chorava muito, e então foi o gatilho para suspeitar do crime, confirmado pela criança.  

Por medo, a família não denunciou o crime imediatamente. “Na igreja, era uma adoração tão grande por esse homem que eu fiquei com medo, porque era a nossa palavra contra a dele. Então, só tirei meu filho de lá, porque ele também estava com medo”, disse a mãe ao G1.  

O delegado Edmilson Matos, responsável pela investigação, disse que o pastor tentou fugir após ser procurado em endereço em um dos seus imóveis em Itanhaém, porém o suspeito acabou se entregando após o cerco ir se fechando.  

Fonte: G1