18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Andrezistas voltam a criticar Luiza Ribeiro por denúncia de "mensalinho"

O estrago causado pelo depoimento da vereadora Luiza Ribeiro (PPS) ao MPE (Ministério Público Estadual) foi além do esperado e atingiu lideranças políticas do Estado como ex-governador André Puccinelli (PMDB), que na semana passada  decidiu recorrer à Justiça contra Luiza Ribeiro após parlamentar ter dito que foi na gestão dele como prefeito de Campo Grande que se instituiu prática do "mensalinho" pago, supostamente, aos vereadores. 

?O contra ataque do PMDB não se restringiu à Justiça. Na semana passada, a vereadora Carla Stephanini (PMDB), presidente do partido na Capital e andrezista criticou Luiza acusando parlamentar de faltar com ética e disparou até contra marido da vereadora se referindo a pendências dele com Justiça. 

Nesta terça-feira (3), o vereador Vanderlei cabeludo engrossou coro contra Ribeiro em defesa de Puccinelli. "Nos sentimos a obrigação moral de tomar uma atitude nesta Casa e isso ficou claro na semana passada. Foi um ato de desrespeito, principalmente falando do André, foi muito irresponsável e não vamos jamais concordar com isso, afeta a nossa imagem" diz o vereador.

Resposta

Luiza disse durante sessão desta terça-feira (3) que "não tem nada a comentar a respeito da posição dos colegas". "Quero apenas que respeitem a minha, não tenho nada a declarar, se for chamada para responder algo vou comparecer, mas por enquanto só tenho que respeitar os demais e continuar os trabalhos" disse.