27 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 22º

Vereadores tucanos estão livres para votar se cassam ou não Bernal, afirma Azambuja

Mostrando imparcialidade ao falar da possível cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) garantiu que não conhece o processo que acusa Bernal, mas ressaltou que os vereadores que pertencem ao seu partido tem total conhecimento e estão livres para decidir se votam a favor ou contra a cassação do prefeito na próxima quarta-feira.

“Eu não conheço o processo, mas os vereadores que pertencem ao nosso partido têm liberdade para escolher o que for melhor. Eles devem decidir o melhor caminho a ser tomado, demos total liberdade para que eles façam essa escolha”, afirma Azambuja.

De acordo com o deputado, uma reunião entre ele e os vereadores do partido deve acontecer na tarde de hoje. “Vou me reunir com a Rose e o João hoje à tarde a pedido deles, mas acredito que não iremos conversar sobre essa questão da cassação do prefeito, justamente porque eles têm liberdade de escolher o que for melhor”.

Apoio de PT a Bernal não interfere em composição de aliança com tucanos, afirma Azambuja

Sobre o apoio do PT ao prefeito e interferência negativa que isto pode trazer para a composição de novas alianças entre o Partido dos Trabalhadores e outras legendas, o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) afirma que as situações não se misturam. Reinaldo, no entanto, admitiu, pela primeira vez, que existem algumas dificuldades em se unir ao PT em Mato Grosso do Sul. “Estamos conversando bastante com o PT, mas acho difícil fazer uma aliança, mas quem sabe isso aconteça, ainda temos muito tempo para decidir."

Dany Nascimento