03 de maro de 2021
São Paulo 39º 24º

Bernal admite “dependência” da Câmara para pagar 13º de servidores


O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), durante o lançamento do Programa de Policiamento para o fim de ano na Capital, confirmou que espera uma posição positiva a respeito da aprovação das pautas na Câmara Municipal da Capital, para realizar o pagamento dos servidores públicos do município. 

“Vamos anunciar hoje (2) a situação e o planejamento de pagamentos que vamos fazer e eu espero que os vereadores analisem e aprovem isso, pois existe uma dependência nisso. O programa de pagamento incentivado é importante para nos ajudar a obter receitas e resolver essas dificuldades”, destacou o prefeito. 

Nesta terça-feira (1), o relator da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento, vereador Eduardo Romero (Rede Solidariedade) por aguardar informações precisas do Executivo, solicitou adiamento da análise sobre a pauta dos depósitos judiciários que envolvem R$ 24 milhões. A Casa deferiu o pedido e na próxima quinta-feira (3) deve ser discutido o assunto novamente entre os parlamentares.

“Bloqueio”
Na última terça-feira (1) o presidente João Rocha (PSDB), confirmou que não manterá as pautas travadas, porém cobrará celeridade do prefeito no que for competência do Executivo. “Recebemos hoje o prefeito aqui, conversamos pelo bem de Campo Grande, no que depender da Câmara vamos fazer nosso trabalho, se precisar acelerar alguma pauta vamos fazer, se precisarmos de mais informações para aprovação, vamos solicitar, o importante caminharmos juntos, cada um na sua competência e responsabilidade”, disse Rocha.