25 de outubro de 2020
Campo Grande 32º 21º

Bernal garante que terá maioria simples na Câmara e conta com adesão de PMDB

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, garantiu que até o final deste mês irá anunciar novos nomes de sua base aliada na Câmara de Vereadores de Campo Grande. Segundo Bernal, ele contará com, no mínimo, 15 vereadores, o que se significa maioria simples e tranquilidade para aprovação de projetos do executivo e respaldo para os vetos praticados pelo prefeito, que, por sinal, tem sido realizados com frequência, em especial aos projetos de autoria dos vereadores da oposição. prefeito alcides bernal De acordo com Bernal, vereadores de todos os partidos, inclusive do PMDB, têm se manifestado positivamente quando receberam de seus enviados políticos, como o secretário de governo Pedro Chaves, o líder do prefeito na Câmara, vereador Alex do PT e o recém aliado, o vereador Paulo Pedra (PDT) o convite para adesão à base governista. "Teremos em breve a maioria simples, já estamos conversando com vereadores até do PMDB que já disseram que têm interesse em vir para base", afirmou Bernal. O prefeito depois de ter escapado por pouco da cassação no dia 26 de dezembro tem dado sinais de uma possível abertura política. Ao nomear os indicados pelos vereadores Paulo Pedra e Edson Shimabukuro para direção das secretarias de habitação e trânsito respectivamente, Bernal conquistou mais dois aliados e demonstrou para os demais que ainda estão na oposição um novo panorama político, norteado pela experiência de Pedro Chaves, onde quem sabe todos ou quase todos os partidos da Capital terão sua vez e espaço. Heloísa Lazarini