30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Bernal vai à Câmara e Zeca se recusa a participar de reunião

Tayna e Heloisa

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP), compareceu a Câmara de Vereadores da Capital para conversar e explicar aos vereadores todas as dúvidas referentes ao projeto de suplementação orçamentária.

Bernal chegou à Câmara no início da sessão, porém, após algum tempo, ela foi suspensa para que os vereadores juntamente ao prefeito se reunissem separadamente para conversar sobre o referente assunto.

O único vereador que não participou da reunião foi o Zeca do PT. “Eu particularmente estou muito chateado com o prefeito. Só aceito conversar com o Bernal se for para discutir um plano de ajuda para a cidade.” Zeca ainda completou que o prefeito não pode chegar à Câmara a hora que quiser, estalar os dedos e esperar que todos o ouçam, e ainda que, o prefeito deve tratar a sociedade e o poder legislativo com mais respeito.

O projeto da suplementação orçamentária tem causado dúvidas, pois nele consta a suplementação do Seinthra(Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), pagamento de salário e a contratação do serviço de limpeza da cidade.

O secretário Wanderley Ben-Hur afirmou que segundo a lei 5.118, de 27 de dezembro de 2012, não é necessário que o poder executivo peça autorização da Câmara para os devidos pagamentos, e isso está gerando dúvida nos vereadores em relação pelo qual motivo o prefeito está necessitando de autorização de algo já previsto por lei.