31 de outubro de 2020
Campo Grande 26º 18º

Novo secretário de receita foi “tiro no pé”, afirma Biffi

O deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT/MS) criticou a escolha do novo secretário municipal de receita, Disney de Souza Fernandes, pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), que será apresentado nesta manhã. “Quem Disney trouxe? Só dor de cabeça. Isso é um tiro no pé do prefeito. Que vereador ele trouxe com ele?”, questionou.

Segundo o deputado, o chefe do executivo precisa fazer uma reforma no secretariado. “A situação do Bernal não vai se resolver com decisões pontuais. Não é trocando um secretário. Além de acertar a secretaria de governo, da receita, da juventude e a da mulher, o momento é de avaliar o restante do secretariado dele. Quem não está dando conta tem que ser trocado”, disse.

Apesar de sugerir uma mudança radical, Biffi acredita que quase todas as secretarias estão paralisadas por causa do “modus operandi do prefeito. Ele precisa dar autonomia aos secretários. O Semy (Ferraz), por exemplo, da secretaria de obras, não tem até hoje um diretor financeiro. Pedro Chaves (secretário de governo e relações institucionais) tem condições de fazer um bom trabalho, resta saber se o prefeito vai dar essa liberdade”.

O deputado afirmou ainda que o prefeito está ficando sem tempo e precisa mudar de postura imediatamente se quiser se livrar do risco de cassação. “É o que todo mundo está falando. Ele precisa fazer uma repactuação interna. Não tem que reinventar a roda. É preciso fazer uma gestão compartilhada. Não vê a presidente Dilma (Rousseff – PT)? Ela tem apoio porque divide o governo. Senão acontece o mesmo que aconteceu com o (ex-presidente Fernando) Collor. Sem aliados ninguém consegue governar”, defendeu.

Disney de Souza Fernandes assume a secretaria de receita no lugar de Gustavo Freire, exonerado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, do cargo de fiscal da Receita Federal por corrupção.

Diana Christie