22 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

Caso Gilmar Olarte solicite, PMDB indicará nomes para pastas, afirma Mário César

Com a ida do vereador Edil Albuquerque (PMDB) para a Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio), onde assumirá a secretaria, as comissões que o vereador ocupava ficarão vagas e serão decididas por meio do presidente da Câmara de Vereadores, Mário César (PMDB), pois é ele quem faz as indicações.  Edil fazia parte da Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final e Comissão Permanente de Indústria, Comércio, Agropecuária e Turismo, dentre outras.

O presidente da Câmara Municipal também comentou a nomeação do novo secretário, Rodrigo Pimentel, que ocupará o lugar de Pedro Chaves. Segundo Mário Cesar, Rodrigo tem bom relacionamento com os vereadores da casa, é uma pessoa inteligente e perspicaz. O presidente aproveitou e reafirmou o compromisso da Casa de Leis em ajudá-lo  na relação entre o legislativo e o executivo municipal, afirmando ainda que haverá colaboração mútua de ambas as partes.

Ainda relação a governabilidade e relacionamento entre o executivo e legislativo municipal, o vereador espera que o PT faça parte desse governo de coalizão, mas se o partido resolver ser oposição do prefeito, espera-se que a sigla faça oposição crítica, pois Mário acredita que a oposição ajuda o governo a direcionar melhor o trabalho.

A posse dos novos vereadores s suplentes, Magali Picarelli (PMDB) e dr. Loester (PMDB), acontece nessa segunda-feira , às 9h. Questionado pela reportagem do MS Notícias se haveria possibilidade de indicar mais um secretário, Mário César afirma que sim. “ O Gilmar está buscando fazer um governo de coalizão, em omento algum o PMDB quis fazer parte de uma ou outra pasta. Em momento algum cobramos isso de Gilmar”, afirmou.

De acordo com o presidente,o projeto do PMDB é defender Capo Grande, e caso o novo prefeito solicite algum nome do PMDB, a indicação irá acontecer.

Tayná Biazus e Heloísa Lazarini