05 de dezembro de 2020
Campo Grande 30º 24º

Eleições 2020

Com forte apoio popular, MDB prepara arrancada para a disputa eleitoral

Com resultados que garantem os melhores estágios de desenvolvimento no Estado e índices consagradores de aprovação popular, o modo emedebista de governar é uma das principais motivações do MDB para a disputa sucessória em Maracaju. À frente desse processo, o prefeito Maurílio Azambuja crê que os dois fatores – a gestão e o apoio da sociedade – dão ao partido a segurança necessária para confiar na resposta das urnas.

E é com essa expectativa que os dirigentes do MDB maracajuense reunirão a militância na próxima sexta-feira, 6, a partir das 19h, na Câmara Municipal, para um encontro dos mais significativos. Segundo Maurílio Azambuja, sua administração vai prestar contas aos filiados e a direção partidária apresentará oficialmente o nome do pré-candidato à sucessão local, o secretário de Fazenda e Planejamento Lenílso Carvalho.

“Será um evento aberto ao publico, de natureza partidária. Com o MDB unido, coeso, e a administração apoiada sobre bases consistentes de gestão e de relação política com a sociedade, temos um conteúdo bastante qualificado para o debate eleitoral”, afirmou o prefeito. Sobre a escolha do candidato, ele destacou a capacidade e as credenciais dos dois nomes avaliados pelo partido e submetidos a um processo de escolha mediante pesquisa qualitativa e quantitativa.

Disse que Frederico Felini, secretário de Desenvolvimento Econômico, é um jovem de raro talento gerencial e larga visão empreendedora. E que Lenílso Carvalho respondeu com eficiência e moderna visão gerencial ao desafio de sanear as finanças, capacitando o Município na superação da crise e criando as condições para investir nas prioridades da população.

 O MDB de Maracaju é presidido por Pedro Pessato. A primeira-dama Leila Gonçalves Azambuja é a 1ª vice-presidente e Frederico Felini o 2º, enquanto o secretário-geral é Odilon Daniel Mendes, tendo Cecílio Amarila Neto de adjunto. Completam o quadro o tesoureiro Clebson Marcondes, os vogais Bruno Ossuna e Lenílso Carvalho, e ainda os suplentes Hélio Albarello, Natalino Gritti, Paulo Suleki e Zacarias Paré de Araújo.