16 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 22º

Em analise prévia pensando MS já aponta prioridades para o Estado

O deputado estadual e presidente do PSDB em Mato Grosso do Sul, Márcio Monteiro, afirmou na manhã de hoje que embora não esteja em fase de conclusão o Pensando MS, plano de governo dos tucanos sul-mato-grossenses, já tem apontado questões críticas que precisam sofrer alterações em todo o Estado. “Sem dúvida hoje em nossas visitas percebemos que em determinadas regiões existe um clamor maior de inversão de prioridades, são justamente esses pontos que pretendemos analisar criteriosamente na conclusão do projeto”, disse.

Assim como recentemente afirmou o coordenador do projeto, deputado federal Reinaldo Azambuja, Monteiro confirma que questões como saúde, educação e o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) precisam passar por uma analise minuciosa, pois lideram a lista de reivindicações. “Com certeza saúde, educação e o ICMS engrossam o clamor na grande maioria das regiões. O ICMS sobre alguns produtos como por exemplo o combustível é inviável. Não adianta falar só em logística, transporte e melhoria de rodovia se o que vai passar por ali não sofre o mesmo estímulo”, afirma.

De acordo com o deputado tudo o que for levantado pelo plano de governo do partido será analisado por uma junta específica que irá traçar a planilha de prioridades do PSDB para o Estado, bem como estudar a possibilidade de concretizar o que for apurado. “Estamos na fase de coleta de dados regionais e avaliações, após isso uma equipe técnica irá fazer um diagnóstico mais consistente que vai conciliar as necessidades do Estado com a legislação”, completa.

Clayton Neves