23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Figueiró volta a cobrar providências sobre terras invadidas no Estado

A- A+

O senador Ruben Figueiró (PSDB) utilizou a tribuna hoje, para reclamara do governo federal sobre o conflito entre índios e produtores em Mato Grosso do Sul. “Até quando os produtores rurais de Mato Grosso do Sul terão de esperar pelas providências do governo federal a respeito do conflito de terras no Estado?”.

Segundo o senador, recentemente aconteceu uma nova invasão de terras produtivas por indígenas deixou a população em alerta. Índios terenas invadiram propriedades no município de Aquidauana. De acordo com Figueiró, documentos enviados ao senador por advogados de Campo Grande comprovam que as terras foram tituladas para os produtores rurais há mais de 117 anos.

O senador relembrou que em 2013, após conflitos na fazenda Buriti, no município de Sidrolândia, o ministro da Justiça prometeu solução em até 45 dias, mas o processo de indenização dos produtores se arrasta há um ano e meio.

Figueiró leu  em Plenário a carta aberta elaborada pela Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) dirigida ao ministro José Eduardo Cardozo, pedindo providências urgentes.

“Não reconheço nele um cidadão de palavra firme para cumprir o que promete”, lamentou Figueiró a respeito do ministro Cardozo. “Reuniões inúmeras se realizaram entre os interessados indígenas e produtores rurais. Promessas de indenização e compra de terras foram protagonizadas, mas as coisas continuam na estaca zero”, finalizou.

Dany Nascimento