13 de agosto de 2020
Campo Grande 34º 21º

Governador se isenta de batalha politica entre PMDB e Bernal

O governador André Puccinelli (PMDB) se isentou de qualquer participação na batalha política e judicial entre vereadores da oposição liderados pela bancada do PMDB e o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), durante o dia de ontem quando a sessão de julgamento que poderia cassar o chefe do executivo municipal foi suspensa duas vezes. “Eu não ajudei nem desajudei nessa movimentação em relação ao Bernal”, afirmou.

Segundo Puccinelli, a relação entre prefeitos e governador é formal e igualitária em todos os 79 municípios do Estado. “Eu nunca tive com os prefeitos outra relação que não formal. Mesmo aqueles do meu partido, fiz questão de manter a relação formal porque eu trabalho para a população de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul e não para nenhum prefeito”.

Aposentadoria – Questionado se pretendia concorrer ao Senado nas eleições de 2014 ou aceitar o cargo de ministro, Puccinelli voltou a dizer que pretende se aposentar no dia 01 de janeiro de 2015. “Quero fazer isso para que eu possa olhar pra trás e ver o que fiz de positivo para o Mato Grosso do Sul”, disse.

As declarações foram feitas durante solenidade de entrega de fardamento para a polícia militar de todo o Estado.

Diana Christie e Heloísa Lazarini