12 de agosto de 2020
Campo Grande 33º 20º

Guardas municipais acamparão na prefeitura se não forem chamados até semana que vem

guardas municipais

O vereador Coringa (PSD) pediu a vez na tribuna hoje de manhã para falar dos 77 guardas municipais remanescentes que ainda não foram chamados para trabalhar em Campo Grande. A preocupação do vereador é que o prazo para chamada dos profissionais acaba no dia 14 de dezembro.

De acordo com Coringa, o ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) já havia entrado com um Tac (Termo de conduta) com o Ministério Público para chamar todos os guardas antes do encerramento prazo, mas não foi o que o prefeito Alcides Bernal fez quando assumiu a prefeitura.

“Esse profissionais já até fizeram o curso de formação e compraram as roupas do uniforme, mas até agora não foram chamados. Não sei qual será a atitude da prefeitura agora”, destacou.

Segundo o vereador, ele juntamente com os vereadores Otavio Trad (PT do B), Vanderlei Cabeludo (PMDB), Luiza Ribeiro (PPS) e mais dois guardas que ainda não foram chamados para trabalhar, irão se reunir com o prefeito Alcides Bernal na próxima segunda-feira (09) às 14h para resolver o problema.

“Se não conseguirmos resolver essa situação a coisa pode piorar, pois os guardas já disseram que sem solução irão acampar na frente da prefeitura“, finalizou.

Exatamente no momento da entrevista, o vereador Alex do PT passou o telefone celular para o vereador Coringa falar com o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Wanderley Ben Hur. Ambos cobravam do secretário a quantia de R$93,0 do vale-alimentação dos guardas municipais contratados que estão sem receber o benefício.

“No mês passado vários guardas passaram vergonha quando foram fazer compras no mercado e o cartão do Brasil Card estava sem o dinheiro do vale-alimentação. A prefeitura alega que a empresa parou de fazer o serviço. Até aí tudo bem, mas qual será a posição da prefeitura para resolver esse problema. O que não pode acontecer são esses pais de família ficaram sem esse dinheiro para passar o Natal”, finalizou.

Ainda segundo o vereador, o secretário Wanderley Ben Hur disse durante a ligação que o dinheiro do vale-alimentação dos guardas municipais só cairá na conta no mês de janeiro de 2014.

Alan Diógenes