09 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 16º

Kemp rebate críticas de deputada e afirma que Cime não incentiva o conflito

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) classificou como “absurdas” as acusações feitas pela deputada Mara Caseiro (PT do B) que acusou o Cime (Conselho Indigenista Missionário) de incentivar o conflito por terras entre índios e fazendeiros. “Eu conheço o trabalho do Cime. Ele é um organismo que reúne o trabalho com a evangelização e presta solidariedade aos indígenas”, declarou.

Segundo o parlamentar, por muitos anos, o Cime foi a única entidade que esteve ao lado dos índios nos momentos mais difíceis. Kemp afirma que os ataques da colega na Casa de Leis foram “absurdos” e “injustos” e explica que todas as decisões sobre ocupações de terras são tomadas pelas lideranças indígenas, sem interferências externas. “Os índios tem organização própria”, finalizou.

Na tarde de ontem, Mara Caseiro prometeu entrar com representação no MPF (Ministério Público Federal) para extinguir organizações como o Cime e a Funai (Fundação Nacional do Índio) que, segundo ela, incentivam a violência no campo.

Diana Christie e Tayná Biazus