23 de setembro de 2020
Campo Grande 31º 17º

COVID-19

Maracaju está pronta para qualquer emergência, afirma prefeito

Município segue recomendações da OMS e adota todas as medidas de prevenção e controle do vírus

Para resguardar e orientar a população diante da pandemia do Covid19 (coronavírus), a Prefeitura de Maracaju segue rigorosamente as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e dos principais organismos e autoridades sanitários.

Segundo o prefeito Maurílio Azambuja (MDB), no que compete às responsabilidades do poder público todas as providências estão sendo tomadas e uma força-tarefa acompanha a execução das medidas, estimulando também as respostas proativas da comunidade. “Estamos seguindo fielmente os protocolos médicos do Ministério da Saúde e OMS. A pandemia é um desafio para a saúde pública, porém para combate-la, preveni-la e erradica-la é absolutamente indispensável a participação efetiva e ampla da sociedade”, afirmou Maurílio, que também é médico de profissão.

Nesta terça-feira (17, março), em reunião com secretários municipais e representantes de vários segmentos, o prefeito decidiu oficializar outras medidas. Uma delas foi suspender todas as aulas, tanto na Rede Municipal de Ensino como na rede privada. Ambientes religiosos, de entretenimento, esportivos e culturais também concordaram em suspender agendas já programadas de cultos, missas, shows e outros eventos, assim como quaisquer reuniões com mais de 10 pessoas.

INCENTIVO

Maurílio Azambuja e sua equipe atuam intensamente no esclarecimento e no incentivo aos munícipes para que fiquem o máximo possível de tempo dentro de casa e só saiam por extrema necessidade. Desde que as notícias sobre a expansão da epidemia da China para o restante do planeta Maracaju passou a ajustar-se à nova realidade. No último dia 11, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, reuniu-se com os profissionais do setor para um encontro técnico de assistência para as ações relativas ao Covid19.

Coordenador de Atenção Básica da Prefeitura, o médico Luiz Possi vem fazendo desde o mês passado um exaustivo trabalho de conscientização comunitária e aconselha que todo mundo deve procurar informações com os profissionais e órgãos de saúde para saber os cuidados a serem tomados. Ele salienta que não há motivo para pânico ou qualquer ação precipitada.

 O prefeito reitera que Maracaju possui uma rede pública de assistência em saúde estruturada e pronta para qualquer emergência. “Confiamos na adesão de toda a nossa população aos apelos para tomar as atitudes protetivas, cuidando de si mesmo e, assim, cuidando também do próximo”.