20 de outubro de 2020
Campo Grande 30º 21º

Depois de fracasso com PMDB, tucanos consideram possível aliança com PSB no Estado

Enquanto diversos partidos políticos de Mato Grosso do Sul se reúnem e avaliam que tipo de aliança será melhor para as eleições de 2014, começa a acontecer um choque de objetivos de alguns desses partidos. Este é o caso do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), pois de acordo com o deputado estadual Marcio Monteiro (PSDB), o PMDB vem contrariando as vontades do PSDB, o que extingue uma possível aliança.

Márcio Monteiro“O Nelsinho mostrou em reunião que seu partido vai manter o nome dos candidatos Simone Tebet (vice-governadora - PMDB) para o Senado e Nelson Trad para o governo e dessa forma não temos interesse em fazer aliança. Para uma possível aliança, eles teriam que ceder e pelo que estamos vendo, isso não vai acontecer”, afirma o deputado.

A intenção do PSDB é se aliar a partidos que tenham objetivos em comum, como é o caso do PSB (Partido Socialista Brasileiro), que vem demonstrando ser um forte opositor ao governo de Dilma Rousseff (PT), o que agrada ainda mais os tucanos que esperam garantir no Estado votos para a eleição do candidato do partido à presidência, Aécio Neves, senador por Minas Gerais.

Segundo Marcio Monteiro, uma conversa já aconteceu entre o presidente regional do PSB, o prefeito de Dourados - distante 225 km de Campo Grande - Murilo Zauith e o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB). “O Reinaldo já teve uma conversa com Murilo e com certeza é possível uma aliança entre os partidos, já que o PSB vem mostrando que suas ideias estão cada vez mais próximas das lançadas pelo nosso partido. Temos os mesmos propósitos e queremos mudança no governo atual”, ressalta Marcio Monteiro.

Confirmando um suposto “desentendimento” entre o PSDB e o PMDB ao tentar uma aliança, o deputado estadual Junior Mochi (PMDB) ressaltou que seu partido não pretende ceder às vontades dos tucanos. “Não vamos desistir de lançar nossos candidatos, se for dessa forma não teremos como fazer aliança com o PSDB. Nosso objetivo será lançar candidatura própria ou fazer uma aliança com outro partido”.

Dany Nascimento