30 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 18º

Mario César se reúne com movimentos para discutir ocupação da Câmara

Diana Christie

O presidente da Câmara Municipal, vereador Mário César (PMDB), se reuniu esta manhã com representantes dos movimentos populares que pretendem fazer a ocupação da Câmara na quinta-feira. Segundo ele, a proposta da reunião não é coibir o movimento, mas sim entender as reivindicações dos manifestantes. “O movimento é democrático e pretende discutir assuntos pertinentes a toda sociedade”, garante.

Mário César afirma que a participação da população é importante e os vereadores estão no caminho para aproximar as pessoas do legislativo com ações como a da Câmara itinerante. “É um novo momento, com um novo perfil comportamental. É preciso destruir preconceitos. Não podem ser três meses de campanha e diálogo com a população, e três anos e seis meses de distanciamento”, pondera.

O vereador garantiu que todos os documentos solicitados pelo movimento estão sendo providenciados e que eles também serão disponibilizados no site da Câmara, no portal da transparência em no máximo trinta dias. O único receio quanto à ocupação é a infiltração de pessoas mal-intencionadas. “Tivemos milhares de pessoas nas ruas em manifestações pacíficas. Apenas umas duzentas fizeram quebra-quebra”, defende.

O movimento pede a transparência no uso da verba indenizatória recebida pelos vereadores, propõe a discussão dos salários dos parlamentares e questiona os mandatos de vereadores com pedidos de cassação.

Lei da Transparência

Segundo Mário César, o MPF (Ministério Público Federal) já se reuniu com os vereadores no dia 27 de agosto, e deu um prazo de 15 dias para a adequação da Câmara na lei da transparência. “Falta espaço físico para o nosso setor de informática”, explica o vereador. O prazo de adequação à lei pode ser prorrogado em mais 15 dias.

A ocupação

O Movimento Voluntário juntamente com o Movimento Popular Campo Grande, Anonymus Mato Grosso do Sul e Vem pra Rua CG estão organizando pelo Facebook, a ocupação da Câmara Municipal para quinta-feira às 8h45.