29 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

ELEIÇÕES 2020

Marquinhos lidera com 41% das intenções de votos, juntos, adversários não chegam a isso

A pesquisa do Ibope revelou que Marquinhos Trad está bem a frente dos adversários há pouco menos de 1 menos para o 1º turno

Entre os dias 14 e 16 de outubro, o IBOPE Inteligência realizou a primeira pesquisa de intenção de voto no município de Campo Grande-MS. Foram entrevistados 602 votantes. O atual prefeito Marquinhos Trad (PSD) lidera com 41% das intenções de voto. Os adversários de Marquinhos, somados as intenções totais de votos não alcançam sua pontuação. Juntos, eles tem apenas 35% das intenções de votos da Capital, segundo o IBOPE. 

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. A pesquia está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº MS01902/2020. A margem de erro máxima estimada é de 4 (quatro) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

66% dos campo-grandenses avaliam positiva a gestão de Marquinhos. Entre os evangélicos (47%), entre os que têm 55 anos ou mais (49%) e entre aqueles que possuem somente o ensino fundamental (51%).

As intenções de voto dos demais candidatos se distribuem homogeneamente entre os segmentos analisados. (Eis a íntegra da pesquisa). 

O primeiro turno das eleições será no dia 15 de novembro. Nos locais em que houver segundo turno, a data é o dia 29 de novembro.

PESQUISA

O segundo colocado da pesquisa, Promotor Harfouche (Avante), tem 11% das intenções e está com a candidatura a ser julgada pelo Supremo Tribunal Eleitoral, mas segue em campanha.

Logo atrás de Hafouche aparece Pedro Kemp (PT), com 6% dos votos. Em seguida aparece Delegada Sidnéia Tobias (PODE) com 4%. 

Já os candidatos, Dagoberto (PDT) e Vinícius Siqueira (PSL) aparecem com 3%, cada. 

Esacheu Nascimento (PP), João Henrique (PL) e Marcelo Bluma (PV) são mencionados por 2% dos eleitores cada um, enquanto Marcio Fernandes (MDB), Marcelo Miglioli têm 1%, cada. Trutis também teve apenas 1% das intenções, mas agora está fora da corrida. O Ibope justificou. “Em função da determinação da legislação eleitoral, que define que todos os candidatos registrados no Tribunal Eleitoral devem constar em questionários de pesquisas de intenção de voto, o IBOPE esclarece que incluiu os dois candidatos pelo PSL na referida pesquisa, mesmo tendo ciência que apenas um permanecerá na disputa eleitoral, uma vez que essas candidaturas estão registradas e em julgamento pelo órgão competente”, explicou. 

Os demais candidatos foram citados, mas não atingem 1% das menções.

13% dos entrevistados pelo Ibope que declaram intenção de votar em branco ou anular o voto e 9% não sabem ou preferem não responder.