20 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 19º

Para novas alianças, PDT espera resposta de convite feito a Odilon

O PDT (Partido Democrático Trabalhista) , através do presidente do partido, João Leite Schimitd, convidou o juiz federal Odilon Oliveira  para se filiar a sigla e fazer campanha ao lado dos candidatos a governo do Estado, Delcídio do Amaral (PT) e Nelsinho Trad (PMDB), como o terceiro candidato ao cargo. Caso Odilon não aceite o convite, o partido pretende buscar outro nome que aceite entrar na disputa. “O PDT tem bons nomes para indicar e assumir a função”, afirma o deputado estadual George Takimoto. No momento, o deputado esclareceu que o partido não pode impor condições para fazer uma aliança. O PDT irá analisar as propostas dos candidatos, analisar o programa de governo e projetos para que poder decidir com tranquilidade qual partido apoiar. O PDT tem grande interesse na educação, sendo esta, a principal bandeira do partido, porém, em Mato Grosso do Sul, outro foco que deve receber atenção da legenda, segundo Takimoto, é a saúde. “A saúde anda mal em todo o país e devemos dar atenção a ela. Essa é mais uma bandeira do partido”, explica o deputado. O presidente Schimitd reuniu-se no ano passado com ambos os pré-candidatos ao governo do Estado, Delcídio e Nelsinho, que receberam do partido a carta Campo Grande com as prioridades do PDT para desenvolver um programa de governo. Tayná Biazus