14 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

"Quem não deve não teme" afirma Delcídio sobre terceira falta de Bernal à oitiva da Comissão Process

 

O senador e pré-candidato ao governo do Estado, Delcídio do Amaral (PT), falou hoje pela manhã sobre a terceira falta do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), nas oitivas da Comissão Processante. Para Delcídio o depoimento de Bernal é peça fundamental para sanar quaisquer dúvidas que ainda persistam sobres as possíveis irregularidades na administração municipal. " Se fosse eu, iria e resolveria logo essa situação, afinal quem não deve não teme", disse.

O senador relata que os empasses políticos existentes entre a Câmara de Vereadores e a prefeitura  são ruins para toda a população, em especial para a imagem da Capital que pode sofrer com o desinteresse  de possíveis investidores. "É preciso acabar com essa encrenca que não termina e é ruim pra todo mundo. Isso tudo cria uma situação de insegurança, pois investidores, por exemplo, ficam apreensivos ao saber de uma cidade onde existem vereadores cassados e um prefeito que pode vir a ser.", explica.

O petista que define a judicialização dos atritos entre prefeitos e vereadores como "o fim da picada" pontua que, embora exista base e oposição, o diálogo, respeito e trabalho devem ser prioridade na administração municipal. "Independente de base e oposição é preciso maturidade e colocar logo um fim nisso", conclui.

Anna Gomes e Clayton Neves