26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

PR pede volta de Lula sem deixar apoio ao governo Dilma

A maior parte da bancada do PR na Câmara anunciou nesta segunda-feira apoio ao retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República. O líder da bancada, Bernardo Santana (MG), convocou a imprensa para ler um manifesto assinado por 20 dos 32 deputados da bancada na Câmara oficializando o pedido de “volta Lula” e rifando a presidente Dilma Rousseff. Apesar do ato, o partido continua na base de apoio ao governo e também não pretende entregar os cargos que ocupa no governo federal. — Não estamos rifando a presidente Dilma. Ninguém diz que não queremos a Dilma, o que dizemos é que queremos o Lula – afirmou Santana. — O momento pede uma conciliação nacional e é de crise extrema, exige de nós decisões extremas – disse. Para o movimento “União Brasil Capital e Trabalho”, formado pelos 20 deputados, somente Lula seria capaz de resolver a “crise conjuntural” que o Brasil vive hoje. “Coerente com esses princípios e certo de que o Brasil precisa inaugurar um novo ciclo virtuoso de crescimento pela via da conciliação nacional, entendemos que o momento de crise, dentro e fora do país, reivindica a força de uma liderança política com a experiência e o brilho de Luiz Inácio Lula da Silva no comando da nação brasileira novamente”, afirma o manifesto lido na sala da liderança do PR na Câmara. O líder do partido disse que o apoio e pedido de retorno não foi discutido ou combinado com o ex-presidente, e é sim um apelo para sensibilizar Lula. O Globo