16 de setembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Prefeitura aguarda notificação do TSE para nomear substituto de Paulo Pedra

A- A+

Com mandato cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por compra de votos, Paulo Pedra também terá de deixar cargo de secretário de governo na administração de Alcides Bernal (PP).

Conforme Lei Orgânica do Município cargos de primeiro escalão devem ser preenchidos por pessoas que cumpram requisitos da Lei da Ficha Limpa, o que agora não se enquadra a Pedra que foi cassado, nesta terça-feira (17) por ter comprado votos nas eleições de 2012.

Segundo informações apuradas pelo MS Notícias com membros secretariado de Bernal, Pedra não apareceu no Paço Municipal nesta quarta-feira (18). Porém, de acordo com Procurador Jurídico do Município, Denir de Souza Nantes, a Prefeitura da Capital vai aguardar publicação da decisão do TSE para tomar medidas necessárias. “Temos que aguardar publicação da decisão da cassação, e esperar notificação, mas acredito que prefeito vai cumprir lei”, diz Denir.

O procurador, no entanto, não quis citar nomes que poderiam assumir cadeira de Pedra na Secretaria de Governo e Relações Institucionais e disse que responsabilidade da escolha ficará a cargo exclusivo do prefeito Alcides Bernal. “Sobre quem será novo secretário, isso prefeito que terá que decidir”, finaliza.