03 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 18º

Projeto da redução da tarifa chega à Câmara, mas vereador já pediu ajustes

Alan Diógenes

O presidente da Câmara Municipal de vereadores, Mário Cézar (PPS), apresentou nesta manhã durante sessão ordinária itinerante na Seleta, o documento do projeto da redução da tarifa do transporte coletivo enviado pelo prefeito Alcides Bernal.

De acordo com o vereador Mário Cézar, o projeto ficou controverso em algumas questões e pedidos de ajustes serão enviados à Prefeitura. “O projeto está controverso em reação ao valor exato com a redução da tarifa retirando o ISS”, afirma Mário.

Ainda segundo ele, outro ajuste em relação à gratuidade do valor da tarifa de estudantes precisa ser analisado. “Precisamos estudar junto com a Prefeitura essa questão da gratuidade do passe de estudante. Hoje quem paga essa conta é a população pagante, então precisamos resolver essa questão”, comenta Mário.

Para ele, se o valor de oito milhões arrecadados pela tarifa de ônibus na Capital fosse maior, automaticamente a passagem subiria. “Com a isenção do ISS da tarifa dos ônibus, iremos baratear a passagem. Por outro lado, se aumentássemos o valor, aumentaria a arrecadação, poderia ajudar a cidade em outros aspectos”, finaliza Mário Cézar.