15 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

Puccinelli rebate críticas de Zeca e pede para que ele seja mais “cristão”

Diana Christie

O governador André Puccinelli (PMDB) rebateu nesta manhã as críticas do ex-governador Zeca do PT que o acusou de ser “um grande mentiroso, um enganador e um garganta”. “Eu não costumo ofender ninguém em termos pessoais então eu peço que ele seja um pouquinho mais cristão. Primeiro que eu não sou mentiroso e segundo, se ele me chamou de mentiroso, ele está me ofendendo como pessoa”, declarou.

Puccinelli aproveitou ainda para alfinetar o desafeto político que perdeu as eleições de 2010 quando concorreu para governador. “Não quero tecer comentários. Deixa o Zeca pra lá. Não sou que tenho 42%, 48% de rejeição em Campo Grande”, rebateu.

Ao esclarecer sobre os dados divulgados hoje no portal da transparência que demonstram um déficit de R$ 10 milhões em relação ao mês passado, o peemedebista ainda fez questão de enfatizar que “no governo do Zeca, ele não pagava os 25% do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul) Combustível aos municípios”.

As declarações foram feitas durante a entrega de certificados do Projovem Trabahador para alunos de Bandeirantes, Campo Grande e Jaraguari em cerimônia realizada no Teatro Rubens Gil de Camilo.