24 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 23º

Siufi afirma que redução na tarifa de ônibus é muito pequena

Diana Christie O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) está confiante de que o projeto que permite a redução da tarifa de ônibus será aprovado sem dificuldades. Entretanto, alguns problemas já são apontados pelo vereador Paulo Siufi (PMDB). “Pelo que eu li, sou contra a redução, pois a prefeitura deixará de recolher impostos na casa dos R$ 7 a R$ 8 milhões e só vai repassar essa pequena redução”, explicou. O projeto que será enviado à Câmara Municipal amanhã prevê isenção do ISS (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) para o transporte coletivo, fazendo com que a tarifa do ônibus reduza em R$ 0,05, caindo de R$ 2,75 para R$ 2,70. O vereador explica que, como não recebeu o projeto ainda, não pode fazer uma análise mais completa, porém acredita que a redução devia ser maior. “Eu não tenho juízo formado ainda. Vou pegar o projeto pra analisar e ver o que tem de importante e de positivo para a população. Mas pelo que vi, a redução será de R$ 7 milhões e só vai ser repassado meio centavo para a população”, afirma. Paulo Siufi não vê nesse projeto uma forma de reconciliação entre prefeito e vereadores. Segundo ele, se Bernal realmente quisesse “fazer as pazes com o legislativo tinha que dar um projeto que reduzisse ainda mais a passagem de ônibus”.