22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Vereador chama secretário de "cara de pau" e exige revisão de prazo de desconto do IPTU

A- A+

A reunião entre secretários municipais e vereadores para discutir alteração da planta genérica de Campo Grande e reajuste de Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) que acontece nesta quarta-feira (16) começa em meio a críticas e trocas de farpas entre parlamentares e secretário. O vereador Paulo Siufi (PMDB) chamou um secretário de "cara de pau".

Siufi não só criticou reajuste do IPTU como também cobrou dos secretários pagamento da rescisão dos comissionados da gestão de Gilmar Olarte, que foram exonerados pelo prefeito Alcides Bernal (Pp) e não receberam ainda. 

"O senhor está com medo de responder o que secretário? Se não tiver uma explicação isso é ser muito cara de pau. O senhor comete ato de improbidade e o prefeito também comete. O desconto é até 11 de janeiro, se não pagar os comissionados não vai dar direitos iguais para pagar suas contas. Todos têm que ter o mesmo direito, tem que ser suspenso o prazo, tem que ser feito imediatamente ou a prorrogação de 20% e tem que ter confirmação judicial".

Em resposta, o secretário de finanças Disney de Souza Fernandes, explicou que prioridade da administração atual foi garantir pagamento do 13º dos servidores do Município. "A prioridade foi 13º, era uma economia que deveria ser feita. Amanhã dia 18 vamos pagar o 13º para quem recebe ate R$ 2 mil, e também para quem recebe mais que esse valor será pago 50% do 13º. Tudo esta sendo feito dentro do possível de acordo com forma com que recebemos. Podemos afirmar que estamos trabalhando nisso", diz Disney

O secretário de administração Ricardo Ballock também participa da reunião.