07 de agosto de 2020
São Paulo 39º 24º

Vereadores discutem sobre legitimidade do pedido de Alex do PT

O vereador Flávio César questionou o fato de Alex do PT ter assinado documento solicitando afastamento de Edil Albuquerque da Comissão Processante. Segundo Flávio, Alex não poderia ter assinado o documento como vereador, uma vez que é suplente da vereadora cassada Thais Helena.

IMG-20131217-WA0004

Em resposta, Alex disse que irá protocolar novo requerimento como cidadão. Embora a situação tenha sido resolvida, o debate não terminou e os vereadores, mais uma vez, interromperam a sessão para discutir sobre o assunto. O vereador Elizeu Dionísio (SDD) surgiu com a teoria de que Alex quebrou decoro parlamentar ao anunciar primeiramente à imprensa sobre seu pedido ao invés de protocolá-lo junto à Câmara.

Em defesa de Alex, Carlão argumentou que, se ele não é vereador para assinar o documento, portanto não é obrigado a seguir os ritos impostos a um vereador, então não houve quebra de decoro. Por fim, Mario Cezar anunciou que irá levar o caso à Procuradoria Jurídica da Câmara para  decidir legalmente o que fazer com o pedido de Alex.

Heloísa Lazarini e Diana Christie